segunda-feira, 25 de julho de 2016

Marrocos - Marraquexe

Continuava sem fato de banho, e se estava calor quando chegámos, por isso a primeira coisa que fizemos foi procurar um shopping, pois se não conseguisse comprar um fato de banho em Marraquexe, algo me dizia que não o encontraria em nenhuma outra parte de Marrocos!
Não foi fácil, mas conseguimos, e acabámos o dia num shopping super ocidental, a tomar um capuccino e um café especial no Starbucks ;-)

No dia seguinte, a ideia era sair cedo, e conhecer a medina, mas o dia começou com um acidente! 
Logo na primeira noite em Tanger, uma das hastes dos meus óculos partiu-se, e embora tenhamos conseguido remediar com super cola 3, obviamente que tinha receio de ficar sem óculos a meio da viagem, e como tinha levado bastantes lentes de contacto diárias, optei por andar sempre com lentes, mas nesse dia quando coloquei a lente esquerda, senti mediamente um enorme desconforto e tirei-a logo de seguida. Infelizmente não é a primeira lente defeituosa que apanho, e ao tirá-las acontece sempre o mesmo: rasga-se!
Consegui tirar a parte maior da lente, mas ficou a faltar um pedacinho, e uma hora depois ainda andávamos os 2 a escarafunchar no olho à procura.
Acabei por desistir, e saímos de casa com ideia que se o desconforto não desaparecesse, lá teria que ir descobrir como funciona a saúde em Marrocos!...

Com isto tudo já saímos um  pouco tarde, e decidimos apanhar um táxi para a medina, só que por esta altura já estávamos menos "virgens" nestas coisas, e antes de sair perguntámos ao recepcionista quanto é que deveria custar.
Ainda bem que o fizemos, pois logo á porta do hotel estava um grand taxi, com um daqueles super prestáveis marroquinos que se ofereceu logo para nos mostrar a medina e tudo o que havia para ver em Marraquexe... pela módica quantia de 500 dirhams!...
Declinámos dizendo que apenas pretendíamos ir até uma porta da medina, para o que bastaria um petit taxi, só que como sempre ele não nos largava. Tive que fazer de "mulher berebere" como eles me chamavam, agarrar no marido pelo braço arrancar dizendo que íamos a pé, e depois de ganharmos uma distância aceitável, fizemos sinal a um dos milhentos petit taxis que circulavam na avenida!
Pagámos 15 dirhams, cerca de 1,50 €!...

 photo Marrocos 1771_zps1c87ox23.jpg

 photo Marrocos 1772_zpskbthjjl6.jpg

 photo Marrocos 1773_zpskimsuf15.jpg

 photo Marrocos 1774_zpssru1tolk.jpg

 photo Marrocos 1775_zps1cx5yf2t.jpg

 photo Marrocos 1777_zpspbiazmxn.jpg

 photo Marrocos 1778_zpskbmapbtk.jpg

 photo Marrocos 1780_zpssbpuxovs.jpg

 photo Marrocos 1782_zpsog9trbsu.jpg

Por todo o lado, nos locais por onde passámos, há sempre imensos gatos!
Dá vontade de os trazer todos para casa.

 photo Marrocos 1783_zpsxyoclpem.jpg

 photo Marrocos 1784_zpslslnk7v0.jpg

E veículos destes, também são aos montes!

 photo Marrocos 1786_zpsk6d22bpd.jpg

Um vendedor ambulante de chá:

 photo Marrocos 1788_zpsgnhat0j5.jpg

Em Marraquexe, confesso que finalmente consegui apreciar um pouco mais de Marrocos, pois aqui havia muito menos marroquinos chatos a andar atrás de nós, e conseguimos andar sozinhos por todo o lado sem ser obrigados a aceitar guias que não pretendíamos ou compras que não desejávamos.

Mas não é fácil andar por lá! por causa das obras que há em todo o lado, é difícil caminhar, e obriga a andar sempre com muita atenção, porque há cada ratoeira!...
E claro, o sempre presente cheiro a esgoto, e fumo dos veículos do século passado!

 photo Marrocos 1794_zpskbrtafpr.jpg

 photo Marrocos 1842_zpsfgszb8iv.jpg

 photo Marrocos 1843_zpszjaaryme.jpg


Na véspera tínhamos andado por aqui de mota :-O

 photo Marrocos 1806_zps7neixt5b.jpg

 photo Marrocos 1808_zpszbkuts1r.jpg

 photo Marrocos 1797_zpsccs5mjho.jpg

 photo Marrocos 1801_zpshffnzfzd.jpg


 photo Marrocos 1813_zpsr0yjbdnv.jpg

 photo Marrocos 1815_zps73b1iunh.jpg

 photo Marrocos 1817_zpspjhrzctm.jpg

 photo Marrocos 1818_zpsmrqnq2fv.jpg

 photo Marrocos 1819_zps2vip8ah4.jpg

 photo Marrocos 1820_zpsmjirqscd.jpg

 photo Marrocos 1821_zpsstcfgave.jpg

 photo Marrocos 1822_zpsrtjbeyt3.jpg

 photo Marrocos 1823_zpsdktvsnmb.jpg

 photo Marrocos 1826_zpsgfwolj5e.jpg

Dentro das medinas, não é suposto circularem veículos motorizados, mas todos os que cabem andam, e por vezes só temos tempo de saltar para dentro de uma porta e encolher a barriga!
Ainda por cima, como são ruas estreitas e algumas até cobertas, torna-se difícil respirar, principalmente para quem já tem problemas respiratórios.

 photo Marrocos 1827_zpscnihmiil.jpg

 photo Marrocos 1854_zpsfefkvszu.jpg

 photo Marrocos 1977_zpsgqc2o8hk.jpg

Eles devem seguir a regra do "se cabe, entra!"...

E depois, há os "transportes impossíveis":

 photo Marrocos 2005_zpsq6qgdtiy.jpg

Vimos cargas destas com o dobro da altura!

 photo Marrocos 1828_zps79m0q6v5.jpg

 photo Marrocos 1830_zpswywiypbn.jpg

 photo Marrocos 1834_zpslsdfwl1o.jpg

 photo Marrocos 1836_zpsbxcfzbin.jpg

 photo Marrocos 1837_zpso9d8f9cy.jpg

 photo Marrocos 1838_zps9ohrsfat.jpg

 photo Marrocos 1841_zpsh2sfhzqy.jpg

 photo Marrocos 1845_zpsvf4q3lcb.jpg

 photo Marrocos 1847_zpsomsjnbtk.jpg

 photo Marrocos 1848_zpsrrvlyxt1.jpg

 photo Marrocos 1850_zpsp0id5jwy.jpg

 photo Marrocos 1853_zpsp1jjykp3.jpg



 photo Marrocos 1855_zpsy0egqzzm.jpg

É curioso observar o contraste que existe entre o aspecto tão pouco cuidado de tudo, e a forma tão cuidadosa e trabalhada como expõem os produtos nas lojas! O colorido das bancas de venda é encantador, e só por isso, vale a pena ir a Marrocos!

Chegámos a um Kasbah e como a entrada era barata (20 dirhams), resolvemos entrar, até porque estava calor e presávamos de um pouco de sombra.
Foi boa ideia, porque era lindíssimo:

 photo Marrocos 1876_zpsqoavltjz.jpg

 photo Marrocos 1877_zpsu2rtovfj.jpg

 photo Marrocos 1881_zps3jrib4nn.jpg

 photo Marrocos 1885_zpscc9gzl3w.jpg

 photo Marrocos 1888_zpsynkclmci.jpg

 photo Marrocos 1895_zpsz5crlilq.jpg

 photo Marrocos 1903_zpswdo1vloo.jpg

 photo Marrocos 1906_zpshle7en0u.jpg

 photo Marrocos 1913_zpswjx1k4bf.jpg

 photo Marrocos 1916_zpssj9fjeyi.jpg

 photo Marrocos 1917_zpseswj3npm.jpg

 photo Marrocos 1919_zpscobiypzq.jpg

 photo Marrocos 1931_zpsek0g7814.jpg

Encontrámos por lá este simpático comedor de flores, e satisfizemos o seu apetite voraz, oferecendo-lhe vários tipos de flores, mas a preferidas dele eram mesmo as cor de rosa.

 photo Marrocos 1944_zpsrjth3ea8.jpg

 photo Marrocos 1951_zpse9bhmqq9.jpg

 photo Marrocos 1963_zps1uh3yjbg.jpg

Voltámos ao calor da medina, e fomos à procura de almoço.

 photo Marrocos 1966_zpsdicx1uls.jpg

 photo Marrocos 1968_zpsq8tj90vh.jpg

 photo Marrocos 1971_zpsfwxnuxql.jpg

 photo Marrocos 1973_zpsvvnmuppn.jpg

 photo Marrocos 1982_zpsnwnbkgu1.jpg

 photo Marrocos 1983_zpshiqd4pri.jpg

Uma sopa não sei de quê, mas que não era picante,

 photo Marrocos 1994_zpsuqveqwki.jpg

E 2 pratos gourmet, que não eram fantásticos, mas eram comestíveis, e eram uma variante ás tagines e brochetas de que por esta altura já estávamos fartos.

 photo Marrocos 1996_zpsyz3hzlfb.jpg

 photo Marrocos 2001_zpsoshmi1zk.jpg

 photo Marrocos 2002_zpsvk3qpfpq.jpg

 photo Marrocos 2004_zpsrwtspvmv.jpg

No meio do emaranhado de ruelas e lojas, parámos á porta de uma que oferecia viagens ás cascatas de Ouzud e como o marroquino da loja não veio ter connosco tentando vender a habitual "banha da cobra", resolvemos entrar e perguntar o preço, e foi uma agradável surpresa: 200 dirhams por pessoa!
Decidimos aceitar, porque tínhamos visto que era viagem para o dia inteiro, e achámos que também seria uma boa forma de evitar os "simpáticos" marroquinos que sabíamos que iríamos encontrar em Ouzud a oferecer-se para nos mostrar as cascatas.
Pagamos um sinal de metade do valor, deram-nos um recibo, e ficou combinado que nos iriam buscar ao hotel, ás 8 da manhã.
Só depois de sairmos da medina é que me lembrei que nem uma foto tinha tirado da loja, e que nunca seríamos capazes de a voltar a encontrar, mas a verdade é que apesar da forma informal como eles trabalham, nunca sentimos propriamente receio de ser verdadeiramente enganados.

 photo Marrocos 2009_zpspd10ie2z.jpg

Entramos no mercado Berbère.

 photo Marrocos 2011_zpssmkzubue.jpg

Havia dezenas de gaiolas com cagados à venda!
Queria tanto trazer um...

 photo Marrocos 2014_zps35cno6nc.jpg

 photo Marrocos 2039_zpsomiapuo6.jpg

 photo Marrocos 2015_zpstciois1w.jpg

 photo Marrocos 2019_zpsy2itkymb.jpg

 photo Marrocos 2020_zpstllpcm7u.jpg

Entretanto, junto de uma das portas assistimos a uma cena entre um polícia e um rapaz que ia a entrar na medina na sua mota. O polícia deu-lhe um valente raspanete e obrigou-o a levar a mota á mão, e a partir desse momento, todos os veículos que vimos dentro da medina andavam desligados!

 photo Marrocos 2021_zpssojujwaf.jpg

 photo Marrocos 2024_zpsh810au2j.jpg

 photo Marrocos 2026_zpsfgcwxtev.jpg

 photo Marrocos 2028_zpsxxript0y.jpg

 photo Marrocos 2031_zpsgibwgj1k.jpg

 photo Marrocos 2032_zpslh06ccrt.jpg

 photo Marrocos 2034_zpsbudjeept.jpg

 photo Marrocos 2037_zpskyziduki.jpg

Percorremos os vários Souks.

 photo Marrocos 2041_zpsjx2otcir.jpg

 photo Marrocos 2044_zps4ei4ujjt.jpg

 photo Marrocos 2045_zpsq8ts0r9k.jpg

 photo Marrocos 2048_zpsvaz0ptzk.jpg

E fomos à procura da praça mais famosa de Marrocos - a Praça Jamaa el fna

 photo Marrocos 2052_zpsmov4sawx.jpg

 photo Marrocos 2053_zpss80xof8c.jpg

 photo Marrocos 2056_zpstzfrpfeg.jpg

 photo Marrocos 2057_zpsmztqge4l.jpg

Apesar de ainda ser cedo, já havia muita gente a marcar lugar para o negócio.

 photo Marrocos 2065_zpszaqcus1s.jpg

 photo Marrocos 2066_zpsarx1zl5h.jpg

 photo Marrocos 2067_zpsclzo8b8b.jpg

Viu-me a tirar a foto, apesar de eu ser muito discreta e ter uma pequena compacta que passa despercebida, mas tem super zoom, e num ápice chegou ao pé de mim com a cobra para me colocar ao pescoço e cobrar a "propina".
Não deixei e segui caminho, deixando-o a "mimar-me" com nomes que não deviam se simpáticos em marroquino ;-)

 photo Marrocos 2069_zpsildgvz4y.jpg

Apanhámos um taxi, e regressámos ao hotel. Até este momento, podia dizer que os taxistas marroquinos eram os mais honestos que tinha conhecido até ao momento, mas nesta viagem calhou-nos um verdadeiro taxista, daqueles que enganam turistas, e pediu-nos o dobro do que todos os outros tinham pedido até ao momento!
Fiz-lhe o meu olhar Berebere, e disse que ía participar dele, e lembrei-me duma da Paula Kota, e disse-lhe que era jornalista e que ia espalhar por todo o lado o que aconteceu! ficou aflito, mas mesmo assim cobrou 20 Dirhams, que foi mais 5 do que  os outros até aí!
Por baixo do hotel havia um supermercado. Aliás, no booking dizia que o hotel tinha estacionamento gratuito, e de facto tinha,... o estacionamento do supermercado!
Fomos comprar pão e vimo-nos gregos para encontrar alguma coisa para lhe pôr dentro, mas conseguimos encontrar uma espécie de fiambre de peru, e fizemos um jantar menos marroquino no quarto.

O engraçado é que nos supermercados marroquinos, tudo se vende avulso, até artigos como massas, arroz, etc, e está tudo arrumado de forma bonita, tal como nas bancas de rua:

 photo Marrocos 2080_zpskiechvx2.jpg

 photo Marrocos 2081_zpsjbj1agft.jpg

Fomos acabar a tarde na piscina, e dei uso ao meu fato de banho marroquino, que custou mais do dobro de todos os outros que comprei em toda a minha vida, e que provavelmente nunca voltarei a usar, porque é fluorescente!
Foi o que  se arranjou ;-)
E, o meu olho nunca mais deu sinal de ainda lá andar o resto da lente, por isso posso dizer que passei por Marrocos sem conhecer como funciona o sistema de saúde marroquino!

 photo Marrocos 2083_zpsehrlohjn.jpg

À noite voltámos à praça. Fomos de táxi, e pagámos o dobro do que nos tinham cobrado durante o dia, mas antes de sair perguntámos o preço dos táxis à noite, e ficámos a saber que a tarifa que o taxista da tarde nos tentou impingir era a tarifa da noite.

 photo Marrocos 2097_zpsba6lmznl.jpg

 photo Marrocos 2098_zpstskytgie.jpg

 photo Marrocos 2099_zps0ecfogim.jpg

 photo Marrocos 2100_zpss0qthaua.jpg

 photo Marrocos 2102_zpsp4mxxv2q.jpg

 photo Marrocos 2109_zpss6h8v7gl.jpg

 photo Marrocos 2112_zpsc3ztasot.jpg

 photo Marrocos 2121_zpsbxijycx8.jpg

Terminámos o dia com o melhor chá que tomei durante todo o tempo que por lá andámos, e não era de menta!

 photo Marrocos 2144_zpsz0p94anp.jpg

 photo Marrocos 2145_zpshfw1vj4p.jpg

Sem comentários: